Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Uncategorised > 'Educação sem Distância' - Por Romero Tori
Início do conteúdo da página

'Educação sem Distância' - Por Romero Tori

Publicado: Quinta, 18 de Outubro de 2018, 09h47 | Última atualização em Quinta, 18 de Outubro de 2018, 09h48

Romero ToriRomero Tori

Há mais de 15 anos Romero Tori vem criticando o termo 'Educação a Distância', o qual enfatiza o problema em vez da solução, e lutando contra o preconceito sofrido por essa modalidade educacional. O que devem mudar entre a chamada EaD e a educação 'presencial' são as mídias utilizadas, não necessariamente as metodologias pedagógicas. Além disso sempre defendeu a flexibilização e a convergência dessas duas 'modalidades'. Hoje o preconceito reduziu significativamente, embora persista, e a educação híbrida vem ganhando mais espaço.  

As mídias são imprescindíveis em atividades de ensino-aprendizagem. Do quadro-negro aos mais modernos simuladores de realidade virtual, passando pelos livros, vídeos e powerpoint, é por meio das ferramentas de comunicação que as metodologias pedagógicas podem ser aplicadas e distâncias eliminadas, nas relações entre professor e aluno, entre aluno e conteúdo e entre os próprios alunos.

No entanto, não se pode confundir tecnologia com metodologia.  A mídia por si só não possui a capacidade de ensinar ou propiciar o aprendizado. Contudo, se inadequada ao método e/ou ao contexto sócio-cultural, pode comprometer a aprendizagem. Dessa forma é muito importante a correta seleção do meio tecnológico que apoiará cada atividade educacional. Hoje, as mídias imersivas permitem estratégias didáticas inovadoras, interativas, motivantes e lúdicas, com baixo custo. É possível usar smartphones para imergir alunos em outras realidades, interagir com conteúdos realistas que seriam inacessíveis de outra forma, interagir com elementos virtuais em seu próprio espaço, entre inúmeras outras possibilidades.

Nesta palestra serão discutidos os conceitos de distâncias na educação (e como as tecnologias podem reduzi-las), hibridização, motivação, mídias, imersão e presença. Serão apresentadas e exemplificadas as tecnologias de realidade virtual, realidade aumentada e games, assim como suas possibilidades, limitações e desafios para uso na educação 'sem distância'.

 

Minicurrículo do palestrante

Professor associado da Escola Politécnica da USP, onde coordena o Interlab - Laboratório de Tecnologias Interativas.

Livre-docente pela USP em Tecnologias Interativas.

Bolsista de produtividade CNPq na área de Tecnologias Educacionais.

Autor do livro 'Educação sem Distância' (educacaosemdistancia.org).

 

 

 

Fim do conteúdo da página